Siga-nos no Instagram: @fluindomoda

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

SPFWtrans N42: A autenticidade da A La Garçonne

Longe de ser comum, a marca A La Garçonne que estreou no São Paulo Fashion Week no evento passado (N41), sendo dirigida por Fabio Souza e Alexandre Herchcovitch mostra uma moda totalmente autentica e bastante peculiar, onde consegue misturar passado, presente e futuro. A marca trouxe a passarela seus 59 looks com um revival aos anos 80, um toque vitoriano e como já característico a essência militar. 

Únicos e autênticos

Assim como Fábio e Alexandre algumas peças possuem uma autenticidade exclusiva, como as jaquetas de couro vintage que receberam pinturas manuais, o guipure de um vestido dos anos 1800 foram usados num abrigo de neoprene. Além disso o styling contou com 101 peças de jóias feitas através de sucatas encontradas no atelier de Hector Albertazzi, que foi uma das parcerias da marca. 

Incomuns

Belezas peculiares fizeram parte do casting feito a dedo pela dupla de estilistas. O que mostra a quebra dos padrões tradicionais trazidos desde sempre por Herchcovitch. 























A beleza do desfile ficou nas mãos de Celso Kamura e o styling de Mauricio Ianes.

Siga-nos no IG @fluindomoda 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar, você entende de moda!!

Google+ Badge