Siga-nos no Instagram: @fluindomoda

quinta-feira, 31 de março de 2016

Decoração masculina: ideias para espaços com mais personalidade

Falar sobre moda não é apenas falar do que vestir, é falar de life style, e nada melhor para falar sobre estilo de vida introduzindo arquitetura, urbanismo e decoração. Hoje abordamos "decoração masculina" trazendo ideias para espaços que precisam de mais vida, cor e personalidade. O colunista/ arquiteto de hoje é Anderson Kech. 

Quando se pensa em decoração masculina, instantaneamente vem à mente um ambiente com cores sóbrias e que represente um espaço descontraído - na medida certa.  O termo “decoração masculina” parte das essências básicas e generalizadas que compõe o universo do homem, mas que transcende gêneros. 


As composições mais tradicionais partem do uso da cor preta e suas variações em tons de cinza e, é claro, a combinação perfeita com o uso da madeira ou tijolinho a vista. 


Os projetos acabam tendendo pela busca da rusticidade muitas vezes nos acabamentos, mas sempre em contraponto, possibilitando abertura de espaço para elementos suaves e informais. 



 
Usualmente, a decoração tende a ser minimalista. É bastante comum que hajam elementos de alusão a esportes, jogos e, principalmente, tecnologia. 



Cor, claro, sempre é bem vinda - ainda mais quando se mantém a tendência da cor principal na escala do preto aos tons de cinza. Qualquer toque colorido certamente vai combinar. Preto e cores vibrantes geralmente são combinações certeiras, uma vez que preto assim como o branco, vai com tudo.



 
Outra dica bacana no quesito cor são as texturas e pinturas com efeito concreto, o que dá um aspecto bastante real do material polido e um ar de requinte e sofisticação ao ambiente.




Um ideia para usar na decoração, especialmente para pessoas que tem pouco espaço em casa (principalmente para quem mora em apartamento), é misturar itens esportivos como pranchas de surf, skate, bike e afins na decoração. Além da combinação irreverente com o ambiente, já se tem um lugar para guardar o equipamento quando não estiver usando. 


 
É claro que nem toda ideia ou conceito que se passa para espaços masculinos é uma regra. Pessoas sempre enfrentam mudanças em suas vidas - fases, diferentes gostos e peculiaridades, aspectos normais que diferem todas as pessoas, o que sempre reflete no projeto final. 

 
Cabe ao arquiteto interpretar o perfil do cliente - seus gostos e estilo de vida - possibilitando que se crie uma relação com o espaço idealizado na cabeça do arquiteto, com a maneira que o cliente se relacionará emocionalmente com esse lugar tendo, portanto, uma boa resposta funcional e emocional, não só agrado pela estética. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar, você entende de moda!!

Google+ Badge